quinta-feira, 16 de março de 2017

16/3 - Pragmatismo Político DE 15/3

Pragmatismo Político


Posted: 15 Mar 2017 07:28 PM PDT
Lula Reinaldo Azevedo depoimento
Lula e Reinaldo Azevedo
O primeiro depoimento de Lula à Justiça Federal como réu na Lava Jato foi elogiado até mesmo por um de seus maiores detratores, o blogueiro da Veja Reinaldo Azevedo.
“Pergunto de verdade: há contra Lula, nesse processo, coisas que desconhecemos, informações secretas, que serão usadas na hora “h”? Se não há, não entendi nem por que ele é réu. Além da delação de Delcídio do Amaral, nesse caso, há o quê?”, questiona Azevedo em texto publicado no site da Revista Veja.
“Claro que não sou o único analista do campo conservador, da direita democrática (a direita fascistoide não serve nem para catar cocô), a reconhecer a goleada que ele deu na 10ª Vara. Talvez eu seja apenas o único a dizê-lo. Não por heroísmo, mas por compromisso com as fatos”, acrescenta.
“Assistam ao filme e tentem encontrar uma só questão difícil, complicada, sugestiva que fosse, da qual ele não tenha se desembaraçado com brilho”, completou o blogueiro.
Além de Azevedo, alguns analistas da mídia tradicional avaliaram que Lula se agigantou no depoimento prestado na 10ª vara da Justiça Federal em Brasília. O ex-presidente denunciou perseguições, esclareceu sua relação com Cerveró e fez um desafio a empresários.
ASSISTA ABAIXO:
Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook
O post Colunista da Veja assume que Lula se saiu bem em depoimento à Lava Jato apareceu primeiro em Pragmatismo Político.
Posted: 15 Mar 2017 06:35 PM PDT
Fernando Holiday caixa 2 band
O vereador Fernando Holiday teria sido eleito fazendo uso de caixa 2, prática considerada crime eleitoral (Imagem: Futura Press)
Reportagem do portal Buzzfeed Brasil revelou que Fernando Holiday (DEM), vereador de São Paulo, praticou uso de caixa 2 na campanha que o elegeu. A prática configura crime eleitoral.
O portal divulgou planilhas com nomes e documentos de 26 cabos eleitorais que teriam recebido em dinheiro vivo da campanha, mas sem que os pagamentos fossem declarados à Justiça Eleitoral.
O site revelou que alguns cabos eleitorais foram localizados e confirmaram os serviços prestados e os valores recebidos. Eles recebiam, cada um, R$60 em dinheiro vivo por dia em um shopping na avenida Paulista.
Quem recrutava os cabos eleitorais era Tatiane Carvalho, estudante que aparece em fotos ao lado de Fernando Holiday e Kim Kataguiri, outro líder do MBL.
O BuzzFeed obteve também dois áudios de WhatsApp da própria Tatiane em que ela fala sobre os pagamentos.

Promotor de Justiça vê indícios de caixa 2

Para o promotor José Carlos Bonilha, que atuou como promotor eleitoral à época da prestação de contas de campanha da última eleição, “há indícios de que há uma grande inconsistência na prestação de contas do hoje vereador”.
“E há indícios de que houve ou uma omissão de informações que deveriam estar na prestação de contas, ou uma inserção de dados falsos. Mas isso é algo que precisaria ser investigado na esfera criminal, pela Polícia Federal, já que o prazo para questionamento da prestação de contas encerrou 15 dias após a diplomação do candidato”, explicou.

Descontrole

Jornalistas da rádio Bandeirantes ligaram para Fernando Holiday nesta quarta-feira (15) para buscar esclarecimentos sobre a denúncia.
O vereador do MBL, grupo que organizou protestos “contra a corrupção” e pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, falou por poucos minutos antes de se descontrolar.
A entrevista acabou em um verdadeiro bate-boca. Após o vereador surtar, o apresentador Fábio Pannunzio preferiu encerrar a conversa.
“Olha, vereador, foi um desprazer enorme tê-lo como representante na Câmara dos Vereadores”.
OUÇA ABAIXO:
Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook
O post Fernando Holiday promove baixaria na Band após revelação de que fez Caixa 2 apareceu primeiro em Pragmatismo Político.
Posted: 15 Mar 2017 01:19 PM PDT
michel temer greve paralisações 15 03
As principais cidades brasileiras realizaram e ainda estão realizando nesta quarta-feira (15) protestos contra a reforma da Previdência proposta pelo atual governo. Atos foram registrados em mais de 200 cidades.
Ignorando as manifestações, o presidente Michel Temer disse, na tarde de hoje, diante de uma plateia de empresários, que a sociedade brasileira está compreendendo a necessidade de apoiar a reforma. O discurso foi realizado na sede do Sebrae, em Brasília.
“A sociedade brasileira, pouco a pouco, vai entendendo que é preciso dar apoio a este caminho para colocar o país nos trilhos”, disse Temer.
Segundo informe divulgado pela GloboNews, o governo afirma que as paralisações desta quarta-feira são organizadas por categorias que já são muito bem remuneradas e que, portanto, estariam reclamando de ‘barriga cheia’.
A verdade é que as manifestações são organizadas por professores da rede pública, estudantes, motoristas e cobradores de ônibus, metroviários, bancários, metalúrgicos, aposentados e outros representantes da classe trabalhadora. Está claro que nenhuma das categorias representa algum setor privilegiado da sociedade, ao contrário do que diz o governo.
Ao longo do dia, reportagens publicadas pela Folha e por veículos ligados à Globo tentaram criminalizar as manifestações e a greve geral.
As matérias tentaram desassociar os manifestantes do que chamaram de “população de bem”, sob a justificativa de que os grevistas estariam afetando o bem-estar social, com paralisações de serviços e implicações no trânsito.
Uma mensagem de um cartaz escrito por professores e pregado na porta de uma escola explica o que a grande mídia não quer que a população compreenda:
Queridos alunos, sentiremos a falta de tuas brincadeiras, palavras e de seu sorriso. Sentimos muito não poder estar na escola, nas salas de aula, que são como tua casa. Tivemos que ir à luta por nossos direitos e também pelos teus, para que amanhã saibas que alguém te defendeu e o fez com todo o coração. Espero que entendas. Não estou deixando de ensinar, estou te ensinando a lutar e a defender teus direitos!
Seus professores
paralisação 15 greve geral professores
Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook
O post Governo diz que greve é das “categorias que ganham mais” apareceu primeiro em Pragmatismo Político.
Posted: 15 Mar 2017 12:19 PM PDT
wagner moura temer reforma da previdência
O ator Wagner Moura narrou recentemente um vídeo sobre as ameaças aos direitos dos trabalhadores contidas na reforma da Previdência proposta pelo governo Temer e que tramita atualmente no Congresso Nacional. O conteúdo viralizou (assista abaixo).
“Querem aprovar a idade mínima para aposentadoria aos 65, isso num país onde muitos morrem antes disso. A expectativa de vida em várias regiões do norte e nordeste está abaixo de 65 anos. Nas periferias das grandes cidades, também. Em São Paulo, por exemplo, bairros como Capão Redondo, São Mateus, Grajaú e tantos outros têm média de vida menor que 65 anos. Assim vão transformar o INSS numa funerária. As pessoas vão se aposentar no caixão”, descreve o vídeo. Ele lembra ainda que o presidente Michel Temer se aposentou aos 55 anos, ganhando mais de R$ 30 mil.
O vídeo também critica o desastre maior que a reforma da Previdência representa para as mulheres. Por conta da dupla jornada submetida às mulheres, que trabalham fora e têm de cuidar dos filhos e das tarefas domésticas, igualar a idade mínima entre homens e mulheres é “uma tremenda injustiça”, diz o material.
“O Brasil ainda é um país machista e a maior parte dos serviços domésticos, infelizmente, sobra para mulheres. Com esse acúmulo de trabalho, é justo que as mulheres se aposentem antes, como é hoje. A reforma da Previdência quer acabar com esse direito.”

Temer ataca Moura

Preocupado com a grande disseminação do vídeo narrado por Wagner Moura, o presidente Michel Temer ordenou a gravação de um outro vídeo para rebater os argumentos do conteúdo crítico à Reforma.
A produção, elaborada pela equipe de comunicação do governo, dedicou-se ainda a atacar pessoalmente o ator e sugeriu que ela estava mentindo e enganando a população.
“Tem muita gente tentando enganar você. O MTST contratou 1 ator para inventar uma ficção sobre a reforma da Previdência”, diz a introdução do filme.
Em resposta ao governo, Wagner Moura divulgou uma nota, através de sua assessoria, informando que não recebeu um centavo pelas gravações e que apoiou a iniciativa voluntariamente.
“Wagner Moura esclarece que diferentemente do que foi dito no vídeo publicado pelo governo federal em suas redes sociais no dia 14 de março, ele não foi contratado pelo MTST para vídeo contra a proposta de reforma da previdência. Wagner participou voluntariamente da mobilização, pois ao contrario do que diz o vídeo do governo, acredita que essa reforma representa mais um enorme prejuízo aos direitos dos trabalhadores brasileiros”, diz a nota.
Segundo o site Poder 360, a assessoria de Wagner Moura informou que o ator estuda acionar a Justiça contra o governo.
VÍDEO — O QUE É A REFORMA DA PREVIDÊNCIA:

Juíza suspende vídeo de Temer

A juíza federal Marciane Bonzanini, da 1a. Vara Federal de Porto Alegre, concedeu liminar em ação civil pública impetrada no Rio Grande do Sul. Ela determinou que a campanha publicitária patrocinada pelo governo de Michel Temer (PMDB) em defesa da Reforma da Previdência fosse cancelada.
Segundo a ação, a campanha “busca tão somente angariar apoio popular a um projeto do Governo Federal – cujo teor não é divulgado nas peças – e o faz por meio da ampla e contundente divulgação de mensagens que não trazem informação alguma, senão disseminam insegurança e medo na população, ao enfatizarem que os benefícios e as aposentadorias podem deixar de ser pagos, caso a reforma proposta pelo Governo Federal não se concretize”.
Assim, a juíza deferiu o pedido de tutela de urgência, determinado a imediata suspensão, em todo o território nacional, de todos os anúncios da campanha de Temer sobre a Reforma da Previdência nas diversas mídias em que vem sendo publicadas, sob pena de multa diária de 100 mil reais em caso de descumprimento. Bonzanini deu um prazo de 72 horas para o governo federal se manifestar sobre o tema.
Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook
O post Temer chama Wagner Moura de mentiroso após vídeo e ator rebate apareceu primeiro em Pragmatismo Político.
Posted: 15 Mar 2017 10:07 AM PDT
tentativa de estupro Kelly Heron
Imagem publicada pela própria Kelly Heron em seu Instagram
A americana Kelly Heron, 36, conseguiu escapar de uma tentativa de estupro usando táticas de defesa pessoal que havia aprendido semanas antes, no trabalho. O caso aconteceu em Seattle, nos Estados Unidos.
Depois de alguns minutos de corrida — ela estava treinando para uma maratona — a mulher resolveu usar o banheiro do parque público quando foi surpreendida por um homem que havia se escondido na cabine ao lado.
Ele conseguiu invadir o local, mas Kelly reagiu com chutes, socos e gritos. Ela teve alguns hematomas e arranhões, mas escapou ao trancar o homem no banheiro até a chegada da polícia.
Segundo contou à revista People e à rede de televisão ABC, Kelly tentou aplicar táticas que havia aprendido em uma aula de duas horas sobre defesa pessoal que participara três semanas antes do ataque, no trabalho.
Ela também fez questão de gritar ‘hoje não, seu filho da p***’, para que alguém de fora ouvisse e viesse em seu socorro. Identificado como Gary Steiner, 40, o homem já havia sido pego por casos de agressão sexual.
Depois do susto, ela publicou no Instagram um relato de alerta para outras mulheres.
“Meu maior pesadelo tornou-se realidade – em uma corrida de 6,5 km na tarde de domingo, eu parei para usar o banheiro e fui atacada por um homem que se escondia em uma das cabines”, escreveu na montagem que mostrava o rosto ferido e o caminho que havia percorrido no parque (imagem acima).
“Lutei por minha vida gritando (‘Hoje não, filho da p*!’), arranhando seu rosto, socando as suas costas e desesperadamente tentando escapar de seus braços, sem nunca desistir. Eu consegui trancá-lo no banheiro até a polícia chegar. Felizmente, só precisei de uma aula de defesa pessoal no meu trabalho e utilizei tudo o que aprendi. Meu rosto levou pontos, meu corpo está machucado, mas meu espírito está intacto”, completou.
Em outro post no Instagram, ela mostrou que estava se recuperando dos ferimentos e incentivou que outras vítimas de tentativa de violência falassem sobre o tema.
“Eu não poderia ficar em silêncio, ser uma vítima anônima – existe uma mensagem de sobrevivência que é importante demais para permanecer não dita.”
Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook
O post Mulher evita tentativa de estupro e desabafa: “Hoje não, filho da p***” apareceu primeiro em Pragmatismo Político.
Posted: 15 Mar 2017 08:02 AM PDT
deputado Victório Galli mickey gay disney
O deputado federal Victório Galli (PSC-MT) é também pastor evangélico da Assembleia de Deus
O deputado federal Victório Galli (PSC-MT) iniciou uma campanha nas redes sociais pedindo boicote aos desenhos da Disney e, sobretudo, ao quase centenário Mickey Mouse.
De acordo com o parlamentar, que também é pastor evangélico, o personagem, criado em 1928 por Walt Disney, é gay e faz apologia à homossexualidade.
Nas redes sociais, Victório publicou uma imagem em que Jesus Cristo aparece ‘protegendo’ uma criança do Mickey, acompanhada da seguinte legenda: “Pare! Não mexa com os meus pequeninos!”.
Em recente entrevista à Rádio Capital, de Cuiabá, Victório alega ter feito estudos profundos para concluir o que defende. “A gente vê que eles [Disney e Mickey] fazem apologia ao homossexualismo. Em todas as situações. Inclusive o Mickey, se você fizer um estudo profundo como eu já fiz, ele é homossexual. Há uma mensagem subliminar para enganar as crianças”
O jornalista da rádio então perguntou como o Mickey poderia ser homossexual se namora com a Minnie. “Isso é o que eles fazem para enganar a pessoa. O objetivo é destruir famílias”, disse. E continuou: “O próprio nome dele em relação aos exemplos que fazem, as cores, assim por diante, você vê uma mensagem subliminar que ele está fazendo uma apologia e apoiando a questão gay.”
O repórter insiste, pedindo exemplos mais claros de que o Mickey seria gay. “Eu não tenho aqui em mãos, como passar os pontos nesse sentido. Mas a mensagem, a forma como se coloca, de transmitir a linguagem para nossas crianças, tudo leva nesse sentido”, tentou justificar o deputado, alterando o tom de voz.
Ainda de acordo com o deputado, não é apenas o Mickey que é gay. “Outro filme que faz apologia ao gayzismo é aquele o Rei Leão […] É na questão que o rei leão deveria ser um animal feroz, de transmitir respeito aos outros animais, ele se torna um animalzinho frágil, que carece de proteção dos outros”, diz.
O deputado alerta que esses personagens estão acabando com a ‘família tradicional’ e volta a tocar no ponto em que fez um ‘estudo’ sobre isso, sem jamais apresentar nada. “Eles estão denegrindo a família tradicional, isso é patente, é só você fazer um estudo que você vai descobrir isso”.
Questionado sobre qual seria o problema se os personagens fossem, realmente, homossexuais, o parlamentar responde: “Para quem defende a família tradicional, é fator negativo. Eu não sou contra ninguém ser gay, meu filho, eu não sou contra ninguém ser lésbica. Eu não sou contra um barbudo viver como casado com outro barbudo, uma cara lisa viver como casada com outra cara lisa, tirando a natureza do homem e da mulher, desde que a pessoa tenha mais de 18 anos, faça isso entre quatro paredes”.
Por fim, Victório Galli diz que por trás de tudo está a “agenda da militância marxista mundial”.]

Victório Galli

Victório Galli foi eleito em 2014 para o seu primeiro mandato como deputado federal. Sua trajetória política teve início dentro da igreja, na coordenação política da Assembleia de Deus, em 1998.
Em 2006, candidatou-se pela primeira vez a deputado federal pelo PMDB e acabou ficando na primeira suplência. Assumiu o mandato temporariamente por duas vezes.
Em 2010, novamente foi eleito para a suplência na Câmara dos Deputados, tendo assumido o mandato temporariamente por mais uma oportunidade.
Em 2011, deixou o PMDB após 28 anos de filiação e passou a coordenar o PSC em Mato Grosso. Na última eleição, foi o penúltimo em votos no estado para uma vaga na Câmara Federal.
Victório é defensor do projeto de lei que prevê a possibilidade de líderes religiosos questionarem e criticarem a homossexualidade sem estarem sujeitos a penalidades por homofobia.
Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook
O post Deputado brasileiro diz que fez estudo profundo e descobriu que o Mickey é gay apareceu primeiro em Pragmatismo Político.
Posted: 15 Mar 2017 06:26 AM PDT
idosos goiás abusar bisnetas neta
Idosos que abusavam de neta e bisnetas são presos em Goiás. Uma das bisnetas do casal, de oito anos de idade, foi vítima do crime por pelo menos cinco vezes (Imagem: Polícia Civil de Goiás)
Um casal de idosos foi preso por abusar sexualmente de uma neta – agora adulta – e de duas bisnetas no interior de Goiás. Os crimes vieram à tona depois que uma das crianças contou para a mãe o que acontecia com ela. O casal nega os crimes.
O aposentado, de 72 anos, e a esposa, de 64 anos, foram detidos na última segunda-feira (13), em Goiatuba, na região sul do estado. De acordo com o delegado Patrick Carniel, que investiga o caso, ambos praticavam os abusos – sendo que a mulher ora apoiava o marido, ora assediava as meninas.
Após o relato da menina, a mãe – que é neta do casal – se dirigiu à polícia local para denunciar os avós pelas agressões cometidas contra sua filha. Ao longo do procedimento, o delegado constatou que a mãe também foi vítima de abusos do casal em sua infância.
“A criança relatou a ela o que havia ocorrido e a mãe nos procurou. Comecei a ouvi-la e ela acabou contando, no decorrer do depoimento, que também foi vítima do avô quando tinha apenas 5 anos. Ela contou que o irmão presenciou o crime e o relatou para a avó. Porém, acabou levando uma surra e avisou que não era para contar o fato a ninguém. Nós o ouvimos agora e ele confirmou o caso”, contou o delegado.
As intimidações físicas e psicológicas eram uma maneira do casal coibir as denúncias de suas vítimas. Em um dos abusos sofridos pela bisneta – foram, ao menos, cinco assédios, sendo a último em fevereiro – a agressora a ameaçou de morte. “Vou pegar um canivete e te picar todinha” foi uma das frases ditas, segundo a polícia.
Além da neta, de 23 anos, e da bisneta, de 8 anos, o casal também abusou de uma enteada da jovem – que tem a mesma idade da menor e que é tratada como membro da família, sendo considerada uma bisneta pelos idosos.
Segundo o delegado, a princípio ela seria convocada com testemunha da denúncia, mas já relatou ter sofrido assédio pelo casal. “É uma situação que nos assusta, um crime que se perpetua no tempo e pelas gerações”, desabafou Carniel.
Autuados por estupro de vulnerável, os idosos podem ser condenados a uma pena, somada, de até 45 anos.
informações de G1-GO e Revista Cláudia
Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook
O post Idosos que abusavam de neta e bisnetas são presos em Goiás apareceu primeiro em Pragmatismo Político.
Posted: 15 Mar 2017 05:39 AM PDT
Lula reforma da previdência av paulista
Lula estará na av. paulista para ato contra a reforma da Previdência nesta quarta-feira (Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula)
Nesta quarta-feira (15) várias cidades do Brasil aderiram ao Dia Nacional de Mobilização e Paralisação contra a reforma da Previdência proposta pelo governo de Michel Temer.
Em São Paulo, o ato terá participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, às 16h, na avenida paulista, em frente ao MASP.
Um dos principais pontos da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287, que define a reforma da Previdência, é que seja estabelecida idade mínima de 65 anos, eliminando a concessão do benefício por tempo de serviço.
O valor da aposentadoria, de acordo com o projeto, passará a ser calculado levando-se em conta 51% das maiores contribuições com 1% adicionais a cada ano de contribuição. Na prática, isso faz com que seja necessário trabalhar formalmente por 49 anos para se obter o benefício integral.
Os trabalhadores também ressaltaram que o argumento do governo Temer sobre o déficit na previdência é falacioso, já que desconsidera que o orçamento da Seguridade Social contempla previdência, assistência social e saúde, e não apenas o pagamento benefícios previdenciários.
Outro ponto é que há muitas desonerações aplicadas pelo governo federal que reduzem o montante arrecadado pela previdência, além de dívidas de sonegação da ordem de R$ 487 bilhões que o governo Temer não propõe cobrar.
Para o coordenador da Frente Povo Sem Medo e secretário-geral da Intersindical, Edson Carneiro, o que o governo Temer propõe não é uma reforma.
“O que eles querem é liquidar os direitos para ampliar o lucro dos empresários. Querem transformar a previdência em um produto privado, comercializado pelos bancos. Vão deixar a população mais vulnerável, sem apoio nenhum. Indígenas, trabalhadores rurais, quilombolas e muitos moradores das periferias não vão ter condições de bancar uma previdência privada”, afirmou.
Confira, abaixo, os locais e horários dos atos em várias cidades brasileiras:
São Paulo
16h – Avenida Paulista – Masp
– Paralisação das agências bancárias
– 14h – Assembleia da Apeoesp, na Praça da República, com caminhada até o Masp
– 14h – Assembleia Simpeem, em frente à Prefeitura de São Paulo, com caminhada até o Masp
– Paralisação do quarteirão da Saúde, no Metrô Clínicas, com caminhada até o Masp
– Paralisação dos estudantes e professores de direito da Faculdade São Francisco com caminhada até o Masp
– Arrastão dos Blocos sairá da Praça Roosevelt até o Masp
Bahia (Salvador)
7h – Manifestação no Iguatemi
15h – Ato unificado com passeata no Campo Grande
Brasília
9h – Ato público Catedral – Esplanada dos Ministérios
Ceará (Fortaleza)
8h – Passeata no centro da cidade com concentração na Praça da Bandeira
Espírito Santo (Vitória)
7h – concentração na Praça de Goiabeiras com caminhada até o Aeroporto
Goiás (Goiânia)
9h – concentração na Praça Deodoro com caminhada e ato em frente ao prédio da Previdência, no Parque Bom Menino
Minas Gerais (Belo Horizonte)
10h – Ato na Praça da Estação
Pará (Belém)
9h – Ato público na Praça da República
Paralisação dos correios, bancários e acampamento no aeroporto de Belém
Paraíba (João Pessoa)
16h – Ato em frente ao escritório do Ministério da Previdência com passeata pelo centro
Paraná (Curitiba)
9h – Ato público na Praça Tiradentes
Paralisação da educação, servidores federais e municipais de Curitiba
Pernambuco (Recife)
9h – Ato político na praça Oswaldo Cruz
Piauí (Teresina)
9h –  Ato público em frente à Assembleia  e audiência pública sobre a reforma da Previdência
Rio de Janeiro
16h – Ato unificado na Candelária
Rio Grande do Norte (Natal)
14h – Ato público na Praça Gentil Ferreira
Rio Grande do Sul (Porto Alegre)
18h – Esquina democrática
Rondônia (Porto Velho)
9h – Ato e passeata com concentração na Praça Estrada de Ferro Madeira Mamoré
Fechamento das principais agências do INSS
Roraima (Bela Vista)
8h – Ato público na Praça do Centro Cívico
Santa Catarina (Florianópolis)
16h – Ato público na Praça Miramar
Sergipe (Aracaju)
14h – Praça General Valadão
Tocantins (Palmas)
8h – Ato público com concentração na Rotatória do Colégio São Francisco
Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook
O post Manifestação em SP contra a Reforma da Previdência terá presença de Lula apareceu primeiro em Pragmatismo Político.

Nenhum comentário:

Postar um comentário