quinta-feira, 2 de março de 2017

2/3 - BULA Revista 1


Reféns do nosso comodismo, viciamos em prazeres rasos


Reféns da indisposição de pisar em terrenos distintos dos que nos parecem seguros, reduzimos a vida a um apanhado de situações previsíveis. É como se estivéssemos viciados no conforto que edredons, Netflix e individualismo proporcionam. Dá preguiça de correr 10 km para fortalecer o corpo e de amar mais vezes para engrandecer a alma. Ambos exigem comprometimento e entrega. Desacostumados com o que pede o mínimo de sacrifício, colecionamos prazeres rasos.

Por Larissa Bittar | Ler no navegador »



A literatura é o único instrumento realmente capaz de mudar o homem


A propósito, quem milita com Literatura neste mundo de coisas utilitárias de hoje em dia, às vezes se vê instigado a responder de pronto: para que serve mesmo a Literatura? A resposta parece óbvia, mas na hora de responder assim de chofre e de forma objetiva, acaba-se caindo em apuros.

Por Edival Lourenço | Ler no navegador »



Copyright © 2017 Revista Bula, Todos os direitos reservados.

 Atualize seus dados ou cancele sua assinatura

Email Marketing Powered by MailChimp

Nenhum comentário:

Postar um comentário