quarta-feira, 17 de maio de 2017

17/5 - VÍDEOS- MÚSICAS - Portal Luis Nassif

Mensagens de blog - 


Posted: 17 May 2017 05:00 AM PDT
Lauro Maia Teles
*06/11/1913 - Fortaleza (CE)
+05/01/1950 - Rio de Janeiro (RJ)


Provavelmente o Brasil, como um todo, não conhece a grandiosa da obra deixada pelo cearense Lauro Maia. Foi o pesquisador/colecionador cearense Miguel Ângelo de Azevedo (Nirez) que resgatou a vida e obra de Lauro Maia, preenchendo uma grande lacuna na história a Música Popular Brasileira.

Lauro Maia, além de compositor, dominava a arte de tocar os instrumentos: piano e acordeom. A influência foi herdada da mãe - Laura Maia Teles -, professora de piano e compositora. Lauro atuou na “Ceará Rádio Clube” dirigindo o programa “Lauro Maia e seu Rítmo”.



Quem mais gravou a obra de Lauro Maia foram os Conjuntos: “Quatro Azes e Um Coringa” e “Vocalistas Tropicais”. Outros grandes nomes do cenário artístico da época gravaram, também, suas composições, a exemplo de Joel e Gaúcho, Orlando Silva, Zeca Pagodinho, Claudete Soares, Carmélia Alves e Cyro Monteiro.





Como mencionamos no início dessa postagem coube ao Mestre Nirez o resgate da vida e obra de Lauro Maia, quando da edição do livro: “O Balanceio de Lauro Maia”, em 1991, o qual teve várias edições.

Lauro Maia misturando os ritmos típicos do Nordeste com a marchinha carioca, acabou criando um novo ritmo -  “O Balanceio”. Suas composições, a partir do lançamento da "Marcha do Balanceio", gravada por Joel e Gaúcho, ficariam marcadas por esse novo ritmo. Luiz Gonzaga, atraído pelo “balanceio” chegou a propor formar parceria com Lauro Maia, mas este, porém, indicou seu cunhado Humberto Teixeira.



Lauro Maia e Humberto Teixeira


A Marcha do Balanceio” (Lauro Maia/Humberto Teixeira) # Joel e Gaúcho. Disco Odeon (12.678-B) / Matriz (7982). Gravação (08/01/1946) / Lançamento (fevereiro/1946).
Algumas composições solos de Lauro Maia
Eu vi um leão” (Lauro Maia) # Quatro Ases e um Coringa. Disco Odeon (12.160-A) / Matriz (6943). Gravação (16/04/1942) / Lançamento (junho/1942).
“Febre de amor” (Lauro Maia) # Orlando Silva. Disco Odeon (12.345-B) / Matriz (7248). Gravação (02/04/1943) / Lançamento (agosto/1943).
Trem de ferro” (Lauro Maia) # Quatro Ases e um Coringa. Disco Odeon (12.355-A) / Matriz (7350). Gravação (03/08/1943) / Lançamento (setembro/1943).
Eu vou até de manhã” (Lauro Maia) # Quatro Ases e um Coringa. Disco Odeon (12.568-A) / Matriz (7760). Gravação (08/02/1945) / Lançamento (abril/1945).
Escapei” (Lauro Maia) # Vocalistas Tropicais. Disco Odeon (12.691-A) / Matriz (8010). Gravação (21/031946) / Lançamento (maio/1946).
Composições de Lauro Maia em parceria com Humberto Teixeira
Samba de roça” (Lauro Maia/Humberto Teixeira) # Orlando Silva. Disco Odeon (12-635-B) / Matriz (7898). Gravação (03/09/1945) / Lançamento (outubro/1945).
Bati na porta” (Lauro Maia/Humberto Teixeira) # Os Trovadores. Disco Continental (15.577-A) / Matriz (380). Lançamento (janeiro/1946).
Poema imortal” (Laura Maia/Humberto Teixeira) # Orlando Silva. Disco Odeon (12.768-B) / Matriz (8181). Gravação (31/01/1947) / Lançamento (março/1947).
Trem ô lá lá” (Lauro Maia/Humberto Teixeira) # Carmélia Alves e Orquestra Copacabana. Disco Continental (16.177-A) / Matriz (2175). Lançamento (março/1950).
Deus me perdoe” (Lauro Maia/Humberto Teixeira) # Cyro Monteiro. Álbum ‘Meu samba, minha vida’, 1969.

Lauro Maia e João Gilberto


A marcha "Trem de ferro", maior sucesso da carreira de Lauro Maia foi regravada, em 1961, também com grande sucesso, por João Gilberto.




"Trem de ferro" (Lauro Maia) # João Gilberto [violão] / Walter Wanderley e seu Conjunto. Gravadora Odeon / LP/1961.
O trem blim blom blim blom
Vai saindo da estação
E eu
Deixo meu coração

Com pouco mais
Com pouco mais
Com pouco mais
Lá bem longe o meu bem
Acenando com lenço
Bandeira da saudade
Muito além

Acelera a marcha
O trem pelo sertão
E eu só levo saudade
No meu coração

Lá na curva o trem apita
Desce a serra
E a saudade aumenta
Uma coisa me atormenta
Vem falar do meu amor.




Deus me perdoe” (Lauro Maia/Humberto Teixeira) # Zeca Pagodinho. Álbum ‘O Doutor do Baião - Humberto Teixeira’, 2004.


Convido a todos para conhecer um pouco mais da Vida e Obra de Lauro Maia. Documentário Perfil: “A Música na Vida de Lauro Maia”. Vale a pena assistir!



______
Pauta sugerida pelo colecionador de Discos - Antônio de Pádua Andrade - ao qual agradeço.
______

************
Fontes:
- A questão era: Quem foi Lauro Maia (AQUI)
- Diário do Nordeste/Caderno 3/Eterno Balanceio (AQUI).
- Dicionário Cravo Albin da MPB / Verbete: Lauro Maia (AQUI).
- Fotomontagem: Laura Macedo / Demais fotos do meu acervo e algumas da internet.
- Site #Radinha (AQUI).
- Site YouTube / Vídeos Canais: “luciano hortencio”, “Gilberto Inácio Gonçalves”, “Igor Tavile”, “João Gilberto”, “TVAssembleiaCeará”.
***********
This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Nenhum comentário:

Postar um comentário