quinta-feira, 18 de maio de 2017

18/5 - Depois das imagens, as gravações de Joesley

RIO, 18 DE MAIO DE 2017

Se você ainda não viu...


Depois das imagens, as gravações de Joesley

Se imagens falam mais que mil palavras, os áudios explicam muito mais coisas. As conversas que o empresário Joesley Batista gravou com o presidente Michel Temer confirmam as delações homologadas pelo STF. Antes de ouvir as gravações, Temer disse que não renunciaria. Mas essa história, que começou a ser contada pelos jornalistas Lauro Jardim e Guilherme Amado, ainda terá novos capítulos e não chegou ao fim. Boa noite e boa leitura! 

denise ribeiro, editora executiva

Gravado no Palácio

Ouça a conversa do presidente Michel Temer com o empresário Joesley Batista, da JBS.

Presidente investigado

O Supremo Tribunal Federal abriu inquérito para investigar gravação em que Temer dá aval para delator comprar o silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, preso na Lava-Jato. O STF vai enviar a Temer cópias dos áudios.

Não saio

Após denúncias de delator da JBS, presidente Michel Temer diz, em pronunciamento, que não vai renunciar. A aliados, Temer afirmou que “caiu em uma ciliada”.    

É isso mesmo?

Confira a checagem do discurso do presidente Michel Temer.

Propina em imagens

Veja as imagens que provam a entrega de propina aos indicados por  Temer e pelo senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG).

Debandada no governo

O ministro da Cultura, Roberto Freire (PPS), pediu demissão após o discurso em que Temer disse que não vai renunciar. O ministro das Cidades, Bruno Araújo, pode seguir o mesmo caminho.

E agora?

Entenda o que acontecerá caso Temer deixe a Presidência.

Obstrução

Aécio Neves conversou com delator sobre tentativas de barrar Operação Lava-Jato.

Aécio fora

Após ser afastado do Senado pelo STF, Aécio Neves é retirado da presidência do PSDB.

Presa e hostilizada

Após ser presa, irmã de Aécio foi recebida com xingamentos ao chegar ao Instituto Médico Legal de Belo Horizonte. Andrea Neves ficou em silêncio no depoimento à Polícia Federal. Frederico Pacheco, primo de Aécio, também foi preso. 

Análises

O pronunciamento mostrou um presidente fora da zona de conforto, avalia Maiá Menezes. Para Paulo Celso Pereira, Temer não respondeu detalhadamente as acusações pelas quais está sendo investigado.

Pânico na Times Square

Um atropelamento em massa num dos maiores símbolos de Nova York deixou um morto e 22 feridos. O motorista, que tinha histórico de embriaguez ao volante, foi preso.

Rock de luto

Chris Cornell , do Soundgarden e Audioslave, considerado um dos maiores cantores do rock atualmente, foi encontrado morto ontem, num um hotel de Detroit.

Nenhum comentário:

Postar um comentário