quarta-feira, 3 de maio de 2017

3/5 - MIX DA IGNORÂNCIA

CARLOS - Professor de Geografia


Posted: 01 May 2017 12:51 PM PDT

Estamos vivendo um momento onde o governo ameaça retirar todos direitos trabalhistas, direitos previdenciários e tornar a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) uma coisa sem utilidade. Como era de se esperar, os que tem consciência que estão perdendo direitos estão reagindo e uma das maneiras é a paralisação. Mas essas manifestações tiveram reações contrarias até mesmo de muitos que estão sendo atingidos por esses direitos e as argumentações são as mais esquisitas possíveis.

Perda da Contribuição Sindical

Essa argumentação foi colocada nos meios de comunicações por empresários e os que têm ódio pelos chamados sindicatos ou partidos ditos de esquerda saem repetindo como se fosse verdadeira. Eles usam essa argumentação e ocultam os vários itens de retiradas dos direitos dos trabalhadores. É como se os trabalhadores não devessem reagir as retirados dos direitos apenas por que as manifestações são convocadas os sindicatos. Bem ou mal, os sindicatos são instituições registradas exclusivamente defenderem os trabalhadores e os trabalhadores não sabe disso?

Ironicamente, alguns sindicatos já vinham devolvendo a contribuição anual obrigatória para os sindicalizados e, portanto derruba essa única argumentação difundida pela imprensa e empresários e utilizados pelos manipulados da grande imprensa.

Feita por sindicatos

Algumas pessoas tentam tirar a legitimidade das manifestações por serem convocadas por sindicatos e para beneficiarem o Partido dos Trabalhadores, ou seja, por cahr que vai beneficiar o Partido dos Trabalhadores ele prefere perder os direitos!. O problema é que tem muito sindicato que não são ligados ao Partido dos Trabalhadores e sem falar que tem muita instituição apoiando as manifestações que sequer não são ligadas ao movimento sindical e tem até instituições que sequer não são da área trabalhista, como é o caso de alguns setores da igreja.

O incrível nessa argumentação é que essas pessoas não percebem que não existem outras instituições cuja função é representar o trabalhador junto ao Estado e quando perguntamos quem deveria tomar a frente das manifestações para defender os trabalhadores, essas pessoas simplesmente ficam sem respostas!

Manifestações estão incomodando

Toda grande imprensa ficou contra as manifestações e o argumento mais utilizados pelos ditos jornalistas era que o direito de ir e vir das pessoas estavam sendo desrespeitados e isso se constitui um ato de violência, mas em nenhum momento esses mesmos jornalistas informaram que as retiradas dos direitos são atos de violência contra os trabalhadores e para piorar a situação, muitos atos de agressões aos manifestantes foram comemorados pelos que são contra a paralisação. Comemorou-se o atropelamento de pessoas em uma barreira feito por um motorista e disseram que era bem feito, mas não era o caso de se chamar a policia para retirada do bloqueio da pista em vez de se atropelar as pessoas? E o estudante que está na UTI por uma cacetada feita um comandante da polícia?

Paralisação é uma manifestação que sempre irá incomoda e se depender desse pessoal da imprensa, as manifestações teriam de ser somente aos domingos, de preferência nos fundos dos cemitérios, sem som e o único barulho seria orações, ou seja, as manifestações não serviriam pra nada!

Coisa de comunista

Algumas pessoas se achando intelectual e bem informada tachavam os manifestantes de comunistas e estranhamente, muitas das pessoas que ouço pronunciar essa frase eram professores. Será que eles vão trabalhar neste primeiro de maio? Será que eles vão devolver o décimo terceiro? Não vão tirar mais férias remuneradas? Todos esses itens mencionados nas perguntas foram conseguidos com lutas dos movimentos trabalhistas (dita de comunistas) e os que dizem que é de comunistas já deveriam ter deixando de receber todos esses itens por livre e espontânea vontade!

Vai pra Cuba?

Toda vez que alguém coloca uma postagem criticando o governo nas medidas contra o trabalhador sempre aparece àquele intelectual do grito e manda a pessoa ir pra Cuba!

A argumentação é usada como alegação que se o sujeito for pra Cuba irá passar fome por Cuba ser um país pobre. Estranho, o Brasil é um país muito mais rico e aqui tem milhares de pessoas passando fome!

Será que essas pessoas sabem que o pobre país cubano não tem analfabeto, enquanto existem milhões de analfabetos no Brasil?

Será que ele sabe que em Cuba não existem moradores de Rua enquanto em todas nossas capitais estão cheios de moradores de rua (inclusive crianças)?

Será que ele sabe que o sistema público de saúde de cuba é um dos melhores do mundo, enquanto no Brasil o pobre está cada dia menos assistido pelo Estado?

Será que ele sabe que depois do retorno das relações diplomáticas ente Cuba e EUA muitos americanos estão indo estudar medicina no país cubano?

Será que essas pessoas nunca percebeu que é uma vergonha, um país pobre como Cuba (76ª economia do planeta) ter os serviços públicos de saúde, educação e moradia melhores distribuídos que no Brasil? Que é a nona economia do planeta?

Será que ensinaram a essas pessoas, que é função do Estado prover uma melhor distribuição de renda?

Reclamam, mas não lutam!


A criminalização dos sindicatos, dos ditos partidos de esquerda ou qualquer entidade que lute em prol do trabalhador tornou-se uma coisa incrível. O sujeito sabe que irá perder os direitos, critica o governo e pressiona até colegas de profissão, mas não se manifesta por que não gosta dos partidos de esquerda (são comunista), ou diz que as manifestação é pra beneficiar o PT (tem ódio do PT), paralisação é coisa de vagabundo, acha que é uma violência ( guiado pela imprensa) e reclama sem mover uma palha enquanto as retiradas dos direitos vão se consumando. Chega ao cumulo de dizer que a culpa de tudo são os comunistas e petistas! Quando perguntado se os direitos estão sendo retirados pelos petistas, mas uma vez o sujeito se cala sem falar nada !

Nenhum comentário:

Postar um comentário