quarta-feira, 3 de maio de 2017

3/5 - NEWSLETTER - Rogério Cerqueira Leite

 
Newsletter - Rogério Cerqueira Leite
 
 
05/2017
 
O Butantã aos trancos e barrancos
 
Por Rogério Cerqueira Leite
Qualquer gestor consciente do setor de Ciência e Tecnologia reconhecerá que o Instituto Butantã é inerentemente ingovernável. E isto é consequência de sua natureza ambivalente, pois a instituição inclui missões divergentes, tais como a fabricação de vacinas, a pesquisa básica e o desenvolvimento de substâncias de interesse terapêutico, inclusive vacinas.
 
 
 
 
 

A Petrobras, a Shell e os incrédulos...

A Petrobras, a Shell e os incrédulos...  
Por Roberto Moraes
A petroleira Shell que tinha obtido direito de ser operadora da área onde está o campo de Libra, no festejado pré-sal – antes de sua descoberta, com toda a eficiência propalada por aqueles que veneram o deus-mercado e o setor privado, devolveu à ANP o campo e abdicou de sua condição de operadora.
 
 
 
 
 

A concentração da riqueza financeira per capita em 2016

  A concentração da riqueza financeira per capita em 2016
Por Fernando Nogueira da Costa
Desde 1947, quando se passou a calcular as Contas Nacionais, oficialmente, nunca se registrou tão grande depressão acumulada em dois anos seguidos: -7,2%, sendo -3,8% em 2015, quando voltou a Velha Matriz Neoliberal com Joaquim Levy, e -3,6% em 2016, quando se paralisou a economia para criar o ambiente propício ao Golpe de Estado.
 
 
 
 
 

Com a arbitrariedade contra o blogueiro Eduardo Guimarães, Moro atravessa o Rubicão

Por Luis Nassif
Vamos entender porque, para efeito da Lava Jato, o caso Eduardo Guimarães torna-se um divisor de águas – da mesma maneira que o episódio da condução coercitiva de Lula.
O episódio Lula, mais o vazamento dos grampos de Lula e Dilma, afastou de vez a presunção de isenção da Lava Jato e mostrou seu alinhamento com o golpe de Estado em curso.
 
 
 
 
 

As reformas: para todos? As pontes: para o futuro de todos?

Por Nelson Rodrigues dos Santos
Impensável abdicarmos da continuidade do esforço que os movimentos sociais e políticos, vêm destinando à denúncia das atuais reformas oficiais, iniciadas pela EC-95/2016, que estanca de vez os gastos públicos com o desenvolvimento social e econômico, da reforma previdenciária em debate e outras.

A vida de um herói

Por Rogério Cerqueira Leite
O que você diria de alguém que intitulasse sua autobiografia A Vida de um Herói? A carreira de Richard Strauss distingue-se das de outros compositores contemporâneos e passados pela abundância de recursos materiais.
 
 
 
 
 

“A América primeiro!”

Por Serge Halimi
Já no primeiro discurso como presidente, Donald Trump rompeu com seus antecessores. Prometendo, com um tom arrogante e o punho cerrado, que America First (“A América primeiro”) resumiria a “nova visão que governará o país”, ele anunciou que o sistema internacional criado há mais de setenta anos …
 
 
 
 
 

Rogério Cerqueira Leite mescla sua história com a da ciência no Brasil

Por Reinaldo José Lopes
“Berra mais que um gramofone de italiano, mas tem boa saúde”, redigiu o delegado Júlio Cezar de Cerqueira Leite à sogra em 14 de julho de 1931, para anunciar o nascimento de seu primeiro e único filho, que recebeu o nome de Rogério.
 
 
 
 
 

Cerca de 50% dos empregos vão desaparecer nos próximos 25 anos

Por Redação Unisinos
A campanha de Trump prometeu trazer empregos de volta para a costa dos EUA, embora a mecanização tenha sido a maior razão para o desaparecimento de empregos na manufatura. Perdas semelhantes levaram a movimentos populistas em vários outros países.

Submissão externa: a fisionomia e essência da nova diplomacia brasileira

Por Marcelo Zero
O golpe substituiu a bem-sucedida política externa “altiva e ativa” por uma política externa vassala e vazia, ou submissa e omissa, como já definiram alguns. Vassala porque submissa a interesses externos, e vazia porque desprovida de estratégia própria e viável para a inserção do país no cenário mundial.
 
Newsletter - Rogério Cerqueira Leite
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário