sábado, 10 de junho de 2017

10/6 - Blog " DE CANHOTA " de HOJE

De Canhota


Posted: 10 Jun 2017 08:30 AM PDT

O Brasil atravessa uma grave crise política, econômica, social e institucional. Michel Temer não reúne as condições nem a legitimidade para seguir na presidência da República. A saída desta crise depende fundamentalmente da participação do povo nas ruas e nas urnas. Só a eleição direta, portanto a soberania popular, é capaz de restabelecer legitimidade ao sistema político.

A manutenção de Temer ou sua substituição sem o voto popular significa a continuidade da crise e dos ataques aos direitos, hoje materializados na tentativa de acabar com a aposentadoria e os direitos trabalhistas, as políticas publicas além de outras medidas que atentam contra a soberania nacional.

As diversas manifestações envolvendo movimentos sociais, artistas, intelectuais, juristas, estudantes e jovens, religiosos, partidos, centrais sindicais, mulheres, população negra e LGBTs demonstram a vontade do povo em definir o rumo do país.

Por isso, conclamamos toda a sociedade brasileira a se mobilizar, tomar as ruas e as praças para gritar bem alto e forte: Fora temer! Diretas já! E Nenhum direito a menos! O que está em jogo não é apenas o fim de um governo ilegítimo, mas sim a construção de um Brasil livre, soberano, justo e democrático.

Brasília, 05 de Junho de 2017

Assinam:

Frente Brasil Popular – FBP
Frente Povo Sem Medo – FPSM
Centra Única dos Trabalhadores – CUT
Advogados e Advogadas pela Democracia, Justiça e Cidadania - ADJC
Aprender Produzir Juntos - APJ
Articulação Nacional de Agroecologia - ANA
Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais - ABGLT
Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais – ABONG
Associação das Mulheres Brasileira - AMB
Associação Nacional de Pós Graduandos - ANPG
Brigadas Populares
Cáritas Brasileira
Central dos Movimentos Populares - CMP
Central dos Sindicatos Brasileiros - CSB
Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil - CTB
Central Pública
Centro de Atendimento Multiprofissional – CAMP
Centro Brasileiro de Estudos em Saúde - CEBES
Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz – CEBRAPAZ
Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente - CEDECA
Centro de Desenvolvimento Comunitário de Maravilha
Centro de Estudos Barão de Itararé
Centro Gaspar Garcia de Direitos Humanos
Coletivo Articulação Popular
Coletivo Quem Luta Educa/MG
Comissão Brasileira de Justiça e Paz da CNBB – CBJP
Comitê Nacional Territorial de Educação Integral
Confederação Nacional das Associações de Moradores - CONAN
Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio – CNTC
CONTRAF – Confederação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar 
Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE
Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino – CONTEE
Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos - CNTM
Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura - CONTAG
Conferência dos Religiosos do Brasil - CRB
Conselho Federal de Economia - CONFECON
Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil – CONIC
Conselho Nacional do Laicato do Brasil - CNLB
Consulta Popular – CP
Coordenação de Entidades Negras - CONEN
FASE Nacional
Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito do Paraná - FETEC
Fora do Eixo / Mídia Ninja
Fórum de Lutas 29 de abril/PR
Fórum 21
Fórum Ecumênico ACT – Brasil
Fórum Nacional de Seg. Alimentar e Nutricional dos Povos Tradicionais de Matriz Africana - FONSANPOTMA. 
Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito
Frente de Juristas pela Democracia
Instituto Braços - Centro de Defesa dos Direitos Humanos
Instituto de Estudos Socioeconômicos – INESC
Intersindical
Juntos
Koinonia
Levante Popular da Juventude
Marcha Mundial das Mulheres – MMM
Movimento Axé Pela Democracia
Movimento Camponês Popular - MCP
Movimento dos Atingidos por Barragens - MAB
Movimento dos Pequenos Agricultores – MPA
Movimento de Trabalhadoras e Trabalhadores por Direitos – MTD/ MOTU
Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra - MST
Movimento dos Trabalhadores Sem Teto - MTST
Movimento Humanos Direitos - MHUD
Movimento Nacional contra a Corrupção e pela Democracia – MNCCD
Movimento Nacional de Direitos Humanos - MNDH
Movimento pela Soberania Popular na Mineração - MAM
Movimento por uma Alternativa Independente e Socialista – MAIS
Nação Hip-Hop Brasil
Partido Comunista do Brasil – PC do B
Partido Democrático Trabalhista - PDT
Partido dos Trabalhadores – PT
Partido Socialismo e Liberdade – PSOL
Partido Socialista Brasileiro – PSB
Pastoral Popular Luterana
Randolfe Rodrigues – Senador REDE
Roberto Requião – Senador PMDB
Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares
Rede Ecumênica da Juventude - REJU
Rua Juventude Anticapitalista - RUA
Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo – Força Sindical
União Nacional LGBT - UNALGBT
União Nacional de Negros pela Igualdade - UNEGRO
União Brasileira de Mulheres – UBM
União Brasileira de Estudantes Secundaristas -UBES
União da Juventude Socialista – UJS
União Geral dos Trabalhadores – UGT
União Nacional dos Estudantes – UNE
União Nacional por Moradia Popular – UNMP
Via Campesina – Brasil
Posted: 09 Jun 2017 02:00 PM PDT
Trazendo o debate da necessidade de eleições diretas para o mundo de futebol, no próximo domingo (11) será lançada a torcida "Fla Diretas" no Botequim Vaca Atolada, no Rio de Janeiro. A iniciativa é do Instituto Henfil e dos fundadores da torcida do Flamengo, Raça Rubro-Negra.

O Botequim Vaca Atolada fica na Av. Gomes Freire, 533 – Lapa, Rio de Janeiro.

Posted: 09 Jun 2017 10:28 AM PDT
1) Quero a queda imediata de Michel Temer? É claro que sim. Mas não quero que seja via TSE, pois estaria assim apoiando uma ilegalidade. A chapa Dilma/Temer não cometeu ilegalidade alguma. NÃO há provas. O simples recebimento de doação NÃO configura crime. É preciso compreender que é a campanha eleitoral à presidência em 2014 que está sendo julgada no TSE e NÃO os inúmeros crimes desvinculados da chapa cometidos pelo usurpador e ilegítimo Temer. 

2) Gilmar Mendes é um personagem central do consórcio armado para salvar Temer no TSE. Durante o julgamento, acusou o MPF de combinar depoimento com testemunhas. Uma acusação gravíssima, diga-se. Gilmar também afirmou que o mandato de Temer "não pode ser colocado em risco sem justificativas plausíveis". Certo, mas o mandato de Dilma Rousseff tinha justificativas plausíveis para ser derrubado por crime de responsabilidade?

3) A Ibovespa Futuro opera em alta com mercado digerindo possível vitória de Temer. Juros recuam forte. 

4) Vivemos sob o conluio da Justiça de exceção (em todos os níveis), em que a lei vai sendo adaptada às necessidades do regime e à conveniência do mercado financeiro (a Banca). 

5) É preciso compreender que a permanência de Temer ainda é uma aposta da Banca para dar seguimento à agenda de desmonte do Estado Nacional e Social brasileiro. A direita NÃO tem consenso acerca de um novo nome para substituir Temer e prosseguir com a agenda ultraliberal. Logo, o acordo é salvar o ilegítimo e que o Congresso possa retomar a agenda das "reformas".

6) Por fim, que ninguém seja cassado nesse teatro montado no TSE, que possamos derrotar a ditadura de toga e que o povo decida quem deve governar o Brasil e com que programa e agenda política. Diretas, já!

Abraços, 
Daniel Samam

Nenhum comentário:

Postar um comentário