domingo, 18 de junho de 2017

18/6 - DOIS Famosos Que Partiram

Famosos Que Partiram


Posted: 17 Jun 2017 07:16 PM PDT
PAULO PEDRO BELLINI
(90 anos)
Empresário

☼ Caxias do Sul, RS (20/01/1927)
┼ Caxias do Sul, RS (15/06/2017)

Paulo Bellini foi um empresário brasileiro nascido em Caxias do Sul, RS, no dia 20/01/1927, notório por fundar a marca de carrocerias de ônibus Marcopolo.

Vindo de uma família de oito irmãos, Paulo Bellini teve uma infância feliz e sem dificuldades financeiras. Seu pai era diretor da Eberle, e conseguiu dar uma vida tranquila para a esposa e os filhos.

Quando completou a maioridade, Paulo foi para Porto Alegre estudar Administração de Empresas. Com o restante do tempo livre, decidiu procurar um emprego, pois se sentia desconfortável por estar somente estudando.

Depois de quase dois anos, voltou para Caxias do Sul, pois tinha muita vontade de trabalhar, e o lugar onde estava era muito moleza, como ele mesmo descreveu.

Paulo era vizinho de frente dos irmãos Nicola. As famílias eram amigas e os jovens costumavam passar bastante tempo juntos. Os Nicola tinham uma oficina de pintura de cabines de caminhão, e em uma conversa de final de tarde, surgiu a ideia de utilizar parte do espaço para produzir ônibus. A iniciativa era ousada, pois naquela época o forte era a fabricação de carrocerias de caminhão, e justamente para fugir do mercado saturado Paulo e os Nicola decidiram fazer ônibus.

Funcionários posam junto a um modelo em 1957, apenas oito anos depois da fundação da Nicola & Cia
A gente pensou: "Por que não fazer ônibus? Se tem madeira para fazer as carrocerias, por que não ônibus? Começamos a desenvolver e foi ai que surgiu a Nicola, hoje Marcopolo"

Iniciou então suas atividades em 1949 como sócio-gerente, na fundação da fábrica de carrocerias junto com os irmãos Nicola e um grupo de 17 colaboradores, a Nicola & Cia. Das primeiras carrocerias em madeira, que levavam 90 dias para serem fabricadas, foi pioneiro em um novo segmento da indústria automotiva. Os chassis eram próprios para caminhões na época.

Na década de 1960, a empresa ingressou no mercado exterior e realizou a primeira exportação de ônibus brasileiros, para o país vizinho Uruguai. Ainda na década de 60, foi lançado o modelo Marcopolo e o sucesso alcançado fez com que, em 1971, a empresa adotasse o nome Marcopolo.

Passou a ocupar, em 1954, o cargo de Diretor Gerente e em 1971 foi eleito Diretor Presidente, em 1977 passou a acumular este cargo com o de presidente do conselho de administração. Deixou o cargo para Mauro Gilberto Bellini, seu filho, tornando-se presidente emérito.


No período em que o negócio passou por dificuldades, Paulo sempre procurou conversar com os credores, sem fugir da responsabilidade. Essa conduta ajudou a empresa a atravessar os momentos de crise, reforçou a imagem de confiança e facilitou o acesso ao crédito bancário. Paulo relembra o apoio dos bancos como fator determinante para o desenvolvimento dos negócios. Foram diversos planos econômicos e crises financeiras, e a empresa conseguiu superar todos.

Nos anos 1990, a Marcopolo iniciou o programa de internacionalização e passou a abrir fábricas fora do Brasil.  Atualmente, a empresa tem unidades em 9 países, além de seis fábricas no Brasil. Paulo Bellini introduziu nas unidades da empresa na Serra Gaúcha o sistema de produção Marcopolo, focado na valorização e no aperfeiçoamento dos colaboradores para produção em larga escala de "ônibus customizados", como ele mesmo definiu: Uma grande alfaiataria, onde o chassi é a calça, e a carroceria, o paletó.

Em 1992 recebeu o título de Administrador do Ano, prêmio concedido pela Associação dos Administradores da Região Nordeste do Rio Grande do Sul (AANERGS).


Paulo presidiu diversas entidades de Caxias do Sul, como o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico, o Centro da Indústria Fabril, a Associação Comercial e Industrial e o Conselho Superior da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços.

Em 2004 recebeu do Governo Federal a Medalha do Conhecimento.

Foi vencedor do prêmio Top Ser Humano 2009.

Em 2012 lançou um livro contando suas memórias, intitulado "Marcopolo: Sua Viagem Começa Aqui".

Paulo foi casado com Maria Célia Bellini com quem teve dois filhos, James e Mauro. Em 21/08/2013, aos 81 anos, morreu sua esposa.

Paulo Bellini completou 90 anos no dia 20/01/2017, quando reuniu mais de 800 convidados nos pavilhões da Festa da Uva. Em agosto de 2016, para comemorar o aniversário de 67 anos da Marcopolo, Paulo Bellini também participou da inauguração do espaço Memória Valter Gomes Pinto, que homenageou o outro sócio da empresa. Valter Gomes Pinto morreu aos 81 anos, em 2013.

Morte

Paulo Bellini morreu às 07h15 de quinta-feira, 15/06/2017. Paulo Bellini estava internado no Hospital da Unimed desde a semana anterior ao falecimento, recuperando-se de uma infecção e teve falência múltipla de órgãos. A empresa Marcopolo, uma das maiores fabricantes de carrocerias de ônibus do mundo, divulgou nota em seu site, lamentando a morte de seu fundador.
"A Marcopolo S.A informa, com extremo pesar, o falecimento de um de seus fundadores e Presidente Emérito, Paulo Bellini, aos 90 anos, ocorrido na manhã desta quinta-feira. A companhia compartilha o pesar de sua família - irmãos, filhos e netas -, dos inúmeros amigos e dos colaboradores que tiveram a oportunidade de trabalhar e conviver com ele."
O velório ocorreu a partir das 15h00 no Memorial São José, em Caxias do Sul.  A cremação ocorreu na sexta-feira, 16/06/2017, às 15h00, no Memorial Crematório São José, Caxias do Sul.

Fonte: Wikipédia e Clic RBS
Indicação: Miguel Sampaio
Posted: 17 Jun 2017 05:31 PM PDT
ELIZA CLÍVIA ANGELINO MARANHÃO
(37 anos)
Cantora

☼ Livramento, PB (14/11/1979)
┼ Aracaju, SE (16/06/2017)

Eliza Clívia Angelino Maranhão foi uma cantora brasileira de forró eletrônico, nascida em Livramento, PB, no dia 14/11/1979. Eliza Clívia foi conhecida por seus trabalhos na banda Cavaleiros do Forró, e mais recentemente no grupo Forró Cavalo de Aço.

Influenciada por seu pai sanfoneiro, Eliza Clívia começou sua carreira de cantora na cidade de Monteiro, PB, onde ingressou no grupo Big Banda que depois mudou o nome para Laços de Amor.

Em 2003 entrou para a banda Cavaleiros do Forró onde permaneceu por 10 anos. Nesse período participou da gravação de nove CDs e seis DVDs.


Em 2013, foi anunciado seu desligamento da banda Cavaleiros do Forró junto com Jaílson Santos, com quem foi casada até 2016. O motivo, segundo a própria Eliza, seria de questão salarial. Só que depois do anúncio do desligamento, todos os dias chegavam a imprensa e aos fãs da banda Cavaleiros do Forró notícias de como os cantores estavam se sentindo com esse fato, vários motivos da saída que não correspondiam com a verdade e etc.

Como as redes sociais fazem com que o artista esteja cada vez mais perto de seus fãs, todos os dias os cantores recebiam milhares de mensagens questionando a saída e o não pronunciamento das partes envolvidas no acordo.

A cantora Eliza Clívia que tem vários seguidores em seu twitter e Facebook também não deixava de receber mensagens do gênero. Mesmo tendo recebido uma ordem da empresa, ela quebrou o silêncio dando uma declaração muito especial, demonstrando carinho e o mais importante em um artista, que é o respeito para com os fãs. Emocionada ela explicou a causa que fez com que Alex Padang e Janine Lago, donos da banda Cavaleiros do Forró não continuassem com os serviços prestados por Eliza e Jailson.

Confira a nota logo abaixo:


Em março de 2013, Eliza e Jaílson anunciaram seu retorno aos palcos no Forró Cavalo de Aço, onde permaneceu durante 5 anos, ao lado de Marcelo Jubão e Neto Araújo.

Em 2017 a cantora anunciou seu desligamento da banda Forró Cavalo de Aço para investir em sua carreira solo.

Morte

Eliza Clívia morreu na tarde sexta-feira, 16/06/2017, aos 37 anos, após um acidente automobilístico no Centro de Aracaju, SE.

O acidente matou, além de Eliza Clívia, o seu marido, o baterista Sérgio Ramos. O acidente foi registrado pelas câmeras do circuito de segurança de uma loja.

Eliza Clívia que iniciou a carreira solo há quatro meses, estava em Aracaju para divulgar um show que seria realizado na noite de sexta-feira, 16/06/2017, e fazer algumas entrevistas.

O veículo em que Eliza Clívia estava foi atingido por um ônibus na esquina entre as ruas Aruá e Maruim, no Centro de Aracaju. Eliza Clívia estava sentada no banco de trás do carro e sem o cinto de segurança. João Paulo Tavares da Silva, de 32 anos, Paulo Teixeira de Carvalho, de 38 e Cleberton José dos Santos, de 35, foram levados para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE). Os dois primeiros sofreram fraturas na coluna vertebral. O terceiro, que dirigia o carro, está na UTI em estado delicado. Não há previsão de alta para os três.

As imagens mostram que o motorista do ônibus ainda tentou frear, mas acabou batendo no carro em que estava a cantora, o marido e os outros integrantes da banda. Eles tinham acabado de sair de uma entrevista em uma emissora de televisão local.

A assessoria de imprensa de Eliza Clívia informou ainda que o velório e enterro da cantora será realizado no cemitério municipal da cidade de Livramento, na Paraíba, sua cidade natal. Já o corpo de Sérgio Ramos será velado e sepultado no cemitério municipal de João Pessoa.

A assessoria de imprensa de Eliza Clívia informou também que a mãe da cantora está bastante abalada. No ano passado, ela já havia perdido outra filha.

Segundo o coronel Vivaldi Cabral, comandante do policiamento de Aracaju, uma perícia foi realizada no local do acidente e o caso será investigado pela Delegacia Especial de Delitos de Trânsito.

Por nota, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) disse que considera o caso uma fatalidade e informou que está à disposição das autoridades de trânsito para apuração das causas do acidente.
Discografia

Cavaleiros do Forró (CD)
  • 2003 - 4 Estilos - Volume 03
  • 2004 - Nossa História, Nosso Acústico
  • 2005 - Meio a Meio - Volume 4
  • 2006 - No Reino dos Cavaleiros - Volume 5
  • 2007 - Forrozada - Volume 6
  • 2008 - Beber e Amar - Volume 7
  • 2010 - Cavaleiros do Forró - Volume 8
  • 2011 - Ao Vivo em Aracaju - Volume 09
  • 2012 - Cavaleiros Universitário

Cavaleiros do Forró (DVD)
  • 2005 - O Filme - Ao Vivo em Natal
  • 2006 - O Filme 2 - No Reino dos Cavaleiros
  • 2007 - Cavaleiros Elétrico - Ao Vivo em Feira de Santana
  • 2007 - Ao Vivo em Caruaru
  • 2008 - Volume 4 - Beber e Amar - Ao Vivo em Maceió
  • 2009 - Cavaleiros do Forró - 8 Anos
  • 2011 - Volume 5 - Ao Vivo em Aracaju
  • 2011 - Cavaleiros do Forró - 10 Anos

Forró Cavalo de Aço (CD)
  • 2013 - Cavalo de Aço: A História Continua
  • 2014 - Cavalo de Aço: Promocional 2014
  • 2015 - Cavalo de Aço: Promocional 2015

Forró Cavalo de Aço (DVD)
  • 2013 - Cavalo de Aço: Ao Vivo em Lagoa de Pedras
  • 2014 - Cavalo de Aço: Ao Vivo em Campo Redondo
  • 2014 - Cavalo de Aço: Ao Vivo no Forró Caju 2014
  • 2015 - Cavalo de Aço: Ao Vivo em Lagoa de Pedras

Fonte: Wikipédia ,  Forrozão Net  e G1
Indicação: Miguel Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário