sábado, 15 de julho de 2017

15/7 - VATICANO: Polícia Invade Orgia Gay

FONTE:http://www.anovaordemmundial.com/2017/07/policia-invade-orgia-gay-na-casa-do-secretario-do-conselheiro-chave-do-papa-francisco.html


Polícia Invade Orgia Gay na Casa do Secretário do Conselheiro-Chave do Papa Francisco

sexta-feira, 14 de julho de 2017 | 
 

A informação chocante veio à tona sobre uma invasão da policia do Vaticano que ocorreu no mês passado, que está ligada a conselheiros-chave do Papa. O que os oficiais encontraram quando chegaram à cena era tudo menos sagrado.


Os vizinhos queixaram-se de policiar sobre as idas e vindas irregulares em um apartamento ao lado da Basílica de São Pedro, onde o secretário de um dos melhores assessores do Papa Francisco tem vivido. Quando os oficiais apareceram para investigar, eles descobriram drogas, juntamente com um grupo de homens que participaram de atividade sexual.

O monsenhor Luigi Capozzi foi preso e levado para interrogatório. Os relatórios dizem que Capozzi é um padre de 49 anos que atua como secretário do principal assessor do papa, o cardeal Francesco Coccopalmerio, responsável pelo Conselho Pontifício para a Interpretação dos Textos Jurídicos. Coccopalmerio recomendou que Capozzi fosse promovido a bispo, mas esta prisão e duas supostas overdoses de drogas no passado poderiam acabar com essa consideração.

Capozzi estava tão drogado de cocaína quando ele foi preso que teve que ser hospitalizado em Roma para desintoxicação. Ele está agora escondido em um convento italiano, onde ele está sendo submetido a um retiro espiritual. Ele ainda está listado no site do Conselho Pontifício para a Interpretação dos Textos Jurídicos como um membro da equipe ativa.

Apesar de ir contra os ensinamentos da igreja católica, a atividade privada do mesmo sexo não é uma ofensa criminal na Cidade do Vaticano, por isso é provável que quaisquer acusações criminais decorrentes da prisão estariam relacionadas às drogas que foram encontradas na cena.

Leia também: [Vídeo] Sacerdote Católico Cheira Cocaína em um Local Repleto de Simbologia Nazista

Sacerdote usou placas licenciadas do Vaticano e a localização conveniente do apartamento para infringir a lei

Os relatórios dizem que Capozzi tem se envolvido neste comportamento há algum tempo. Ele evitou a suspeita da polícia usando uma BMW com placas da Santa Sé, tornando-o essencialmente imune a ser parado e procurado. Isso permitiu que ele transportasse cocaína para suas orgias, as quais dizem ter ocorrido com frequência, sem estar sujeito a paradas policiais.

Além disso, o edifício em questão tem uma entrada separada que leva do território italiano para fora dos muros do Vaticano e fora do controle da Guarda Suíça e da Polícia do Vaticano diretamente na Cidade do Vaticano. O serviço de notícias italiano Il Fatto Quotidiano diz que isso o torna o local ideal para realizar atividades ilícitas porque as pessoas podem entrar no Vaticano pela Itália através do prédio sem serem submetidas a uma inspeção e terem seus nomes registrados.

Leia também: [Agenda da Pedofilia] Direitos do Gays Pode Abrir Portas para os Direitos da Pedofilia

Os escândalos sexuais do Vaticano continuam a crescer

Esta é apenas a último conjunto de publicidade ruim para o Vaticano, o qual tem sido manchado por escândalos sexuais de grande alcance envolvendo sacerdotes, cardeais e as próprias igrejas. Em um caso de grande importância, o cardeal George Pell, que foi nomeado para ajudar a limpar as finanças no Vaticano, está prestes a ser julgado na Austrália por acusações de abuso sexual infantil. Enquanto isso, uma série de acusações atingiram o Vaticano em março envolvendo sacerdotes em prostituição, orgias e vídeos pornográficos. Para piorar o problema, há o fato de que o apartamento que acolheu a orgia de sexo gay alimentada por drogas pertence à Congregação para a Doutrina da Fé, que é encarregada de investigar abuso sexual clerical. Os críticos do Papa Francisco acreditam que ele escolheu as pessoas erradas para ocupar posições-chave.

O Life Site News informa que Michael Hichborn, do Lepanto Institute, acredita que "é improvável e absurdo que o cardeal Coccopalmerio não conhecesse o monsenhor. As atividades nocivas de Capozzi". Ele acrescentou que ele suspeita que muitos que trabalham no Vaticano estavam conscientes da atividade e que outros clérigos participam de um comportamento semelhante.

Leia mais:


Padre Italiano é Acusado de Organizar Orgias e uma Rede de Prostituição entre Suas Paroquianas













Fontes:
Natural News: Police uncover wild gay orgy at the home of Pope Francis’ key adviser’s secretary
Mirror: Vatican police 'break up gay orgy' at home of one of Pope Francis' advisors
News Target: A Communist Pope, Clueless Liberals and a Truth Long Forgotten
International Business Times: Vatican police bust drug-fuelled gay sex orgy hosted at papal apartments by top priest
Life Site News: High-ranking priest caught in cocaine-fueled gay orgy in Vatican apartment

Nenhum comentário:

Postar um comentário