Paulo Cannabrava Filho *

A reforma trabalhista que está sendo imposta aos trabalhadores brasileiros pela dupla Temer/Meirelles tem como modelo a reforma elaborada pelos dirigentes da OCDE e que, com aprovação do FMI, foi aplicada na Espanha. Tanto lá como cá, a reforma tem apenas um objetivo fortalecer a ditadura do capital financeiro e ampliar os ganhos dos rentistas. Todo o resto não passa de falácias.

A Reforma Trabalhista na Espanha foi promulgada em 2012, em plena recessão; depois de cinco anos se pode verificar que em nada contribuiu para o desenvolvimento, e ao contrário dos objetivos anunciados, só piorou a vida do povo espanhol.