terça-feira, 18 de julho de 2017

18/7 - BREGANEJO: O ACHACADOR CARA DE PAU..

FONTE:Abreu <carantabreu@gmail.com>

Prezado Jornalista Carlos Parreira,

Você que lutou (e ainda luta) desde 1995 para edificar e manter um hotel à beira do lago, enfrentando toda sorte de contratempos e dissabores, talvez tenha escolhido o caminho mais doloroso (financiamento bancário) ou começado a empreitada na época imprópria.

Hoje, a moda é "achacar" prefeitos, na cara dura... e bota dureza nisso. A pilantragem no país não tem limites.
O áudio é absurdamente estarrecedor (confesso que nem consegui chegar ao trecho de Florianópolis).

O que esse "breganejo achacador" ignora é que:
o dinheiro público não é arrecadado para suprir necessidades particulares, que Capitólio existia muito antes da criação de Escarpas do Lago; e que, no passado, a população ribeirinha já fora violentada por oportunistas. 

Quando da construção da represa de Furnas (e eu era menino e acompanhei tudo) foi difundida a ideia de que as águas da represa cobririam do Pico da Bandeira até o Pico da Neblina (que acabara de ser descoberto no Amazonas).

E os detentores de "informações privilegiadas" compraram toda a margem do Rio Grande a preço de banana madura. Era o desespero do pequeno sitiante com a chegada da água, que iria afogar os sonhos e a esperança de muita gente, ainda mais que às portas de Capitólio foi construído um dique para conter as águas da represa.

Aliás, por um acaso do destino, em 1979 o Empreendimento Escarpas do Lago, que era controlado pela família Mendes Junior, fez um contato com a empresa de auditoria na qual eu trabalhava, a fim de que fizéssemos um trabalho de estruturação de custos e controle para o projeto que estava em seu início.

Acho que o povo do Sudoeste Mineiro deveria "rodar o chapéu", comprar uma passagem aérea e enviar o cidadão para uma temporada de shows dentro da cratera de um vulcão hawaiano em atividade que, em termos de calor, é o que mais se aproxima do Quinto dos Infernos.

Saudações,

Carlos Abreu

EM ÁUDIO, EDUARDO COSTA EXIGE PRIVILÉGIOS DE SUA CIDADE POR SER FAMOSO.


 


Nenhum comentário:

Postar um comentário