29/3 - Acredite se quiser: Porta-voz do governo Bolsonaro sugere que brasileiro faça reverência semanal à bandeira

FONTE:https://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/acredite-se-quiser-porta-voz-do-governo-bolsonaro-sugere-que-brasileiro-faca-reverencia-semanal-a-bandeira/

                                                 


Acredite se quiser: Porta-voz do governo Bolsonaro sugere que brasileiro faça reverência semanal à bandeira

Publicado em 29 março, 2019 10:35 pm
General Otávio Santana do Rego Barros: porta-voz de Jair Bolsonaro. Foto: Divulgação/Exército
Reportagem de Ricardo Della Coletta na Folha de S.Paulo informa que o porta-voz da Presidência da República, general Otávio Rêgo Barros, conclamou nesta sexta-feira (29) a sociedade brasileira a homenagear a bandeira nacional “ao menos uma vez por semana”. “Gostaria muito que toda a sociedade tivesse a disponibilidade e o patriotismo de prostrar-se diante da bandeira ao menos uma vez por semana para caracterizar, por meio desse gesto, o seu apreço à soberania que essa bandeira representa e a importância de nós termos uma sociedade democrática e livre”, afirmou Rêgo Barros.
De acordo com a publicação, o porta-voz deu a declaração ao ser questionado sobre um vídeo publicado nas redes sociais do presidente Jair Bolsonaro nesta sexta, em que o mandatário participa da cerimônia de hasteamento da bandeira nacional no Palácio da Alvorada. A fala do porta-voz ocorre ainda na semana em que Bolsonaro determinou ao Ministério da Defesa que seja comemorado o golpe militar de 31 de março de 1964. Após ser dado o comando, a pasta divulgou em seu site uma ordem do dia, a ser lida nas unidades militares, cujo conteúdo ignora o aspecto autoritário do regime militar e as violações do período (1964-1985), como a tortura de opositores e a censura às artes e à imprensa.
Na quinta (28), diante da repercussão negativa do caso, Bolsonaro mudou o tom e disse que sua ideia não era a de comemorar, mas de rememorar o movimento golpista. O caso, no entanto, desatou reações. A juíza Ivani Silva da Luz, da 6ª Vara da Justiça Federal em Brasília, proibiu nesta sexta o governo de promover as celebrações ao golpe militar. Questionado sobre a decisão judicial, Rêgo Barros disse que o governo não iria comentar. “O que nós tínhamos de falar ao longo da semana, nós já falamos. Não temos mais nada para comentar”, disse, completa a Folha.
Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

25/6 - Suspeição de Moro não anula toda a Lava Jato, diz jurista

FONTE: https://www.terra.com.br/noticias/eventual-suspeicao-de-moro-nao-anula-toda-a-lava-jato-diz-jurista Suspeição de Moro não  anu...