14/6 - G. Greenwald sobre as próximas revelações do conluio da Lava Jato: “É muito mais pesado”

FONTE:https://www.diariodocentrodomundo.com.br/glenn-greenwald-sobre-as-proximas-revelacoes-do-conluio-da-lava-jato-e-muito-mais-pesado/

                                           


Glenn Greenwald sobre as próximas revelações do conluio da Lava Jato: “É muito mais pesado”

 




Ontem, em seu programa na rádio Guaíba, o jornalista Juremir Machado da Silva entrevistou Glenn Greenwald, cofundador do site The Intercept Brasil, que está divulgando as conversas secretas de Sergio Moro. A entrevista acontece a partir de 1 horas e 22 minutos do vídeo acima. Juremir publicou um resumo do que disse Greenwald, em sua coluna no Correio do Povo, num formado que faz uma referência irônica às 10 medidas contra a corrupção proposta pela República de Curitiba:
O norte-americano falou em português claro:
1) O mais explosivo do material de que dispõe ainda está para ser divulgado.
2) Ele quer ver Sérgio Moro ficar no cargo depois que tudo for revelado.
3) Nos Estados Unidos, Moro já teria sido demitido.
4) É inaceitável, do ponto de vista da legislação brasileira e da ética, o conluio entre o juiz e o Ministério Público em desfavor da parte a ser julgada.
5) A Rede Globo queria esconder os vazamentos ou só abordá-los como crime cibernético, focando num possível hacker a narrativa e não no seu conteúdo.
6) O material é vasto e será processado sem pressa para evitar erros.
7) Nada que não seja de interesse público será divulgado.
8) A proteção da fonte é constitucional e ele não exporá a sua.
9) O caso Snowden deu-lhe experiência para lidar com esse tipo de situação.
10) Aguardem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

25/6 - Paulo Henrique Amorim é afastado do Domingo Espetacular

FONTE: https://istoe.com.br/paulo-henrique-amorim-e-afastado-da-record/                                   Paulo Henrique Amorim é afas...