29/2 - VÍDEOS: Canções clássicas da 2ª Guerra Mundial

FONTE:https://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=15415

Canções clássicas da Segunda Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial foi um momento difícil e emocional para todos os envolvidos, e a música dessa época problemática não é exceção. 'Nos encontraremos novamente' (We'll meet again), de Vera Lynn, ilustra perfeitamente a dor da separação sentida pelos soldados e seus entes queridos. Na mesma linha, "Quando as luzes se acenderem novamente" (When the lights go on again), de Vaughn Monroe, expressa esperança para o fim da guerra. Ouça esses 16 clássicos da época e reviva um dos momentos decisivos do século XX.

Dooley Wilson 
The Andrews Sisters 
Bing Crosby
Flanagan & Allen
Jimmy Dorsey and His Orchestra
Glenn Miller & His Orchestra 
Bing Crosby
Glenn Miller
Benny Goodman & Peggy Mann 
The Mills Brothers 

29/2 - VÍDEO - Uma autópsia da 'livre' de Bolsonaro

FONTE:https://altamiroborges.blogspot.com/2020/02/uma-autopsia-da-livre-de-bolsonaro.

sábado, 29 de fevereiro de 2020

VÍDEO - Uma autópsia da 'livre' de Bolsonaro

29/2 - VÍDEO - O Brasil à beira do abismo

FONTE:https://altamiroborges.blogspot.com/2020/02/o-brasil-beira-do-abismo.html

sábado, 29 de fevereiro de 2020

VÍDEO - O Brasil à beira do abismo

29/2 - VÍDEO - Guedes é o vírus que faz a Bolsa desabar

FONTE:https://altamiroborges.blogspot.com/2020/02/guedes-e-o-virus-que-faz-bolsa-desabar

sábado, 29 de fevereiro de 2020

VÍDEO - Guedes é o vírus que faz a Bolsa desabar

29/2 - TRÊS Famosos que Partiram : Rui Chapéu, Valdir Espinosa e Durvinha

Famosos Que Partiram


Posted: 29 Feb 2020 10:24 AM PST
JOSÉ RUI DE MATTOS AMORIM
(79 anos)
Jogador de Sinuca

☼ Itabuna, BA (21/03/1940)
┼ São Paulo, SP (29/02/2020)

José Rui de Mattos Amorim, mais conhecido como Rui Chapéu, foi um jogador de sinuca, considerado o maior nome da sinuca no Brasil, nascido em Itabuna, BA, no dia 21/03/1940.

Seu apelido deve-se ao fato de sempre aparecer em público com um pequeno chapéu branco - uma espécie de boina - feito sob medida, encomendado de um alfaiate para que ficasse da maneira que gostava.

No fim da década de 1970 Rui largou a profissão de caminhoneiro e passou a viver de seu verdadeiro talento, a sinuca, cruzando o Brasil em apresentações.


Entre 1984 e 1992, Rui Chapéu desafiava jogadores de sinuca na TV Bandeirantes, em jogos transmitidos aos domingos no programa Show do Esporte, apresentado por Luciano do Valle, sendo considerado, por isso, o responsável por mudar a imagem deste esporte no país, antes visto como exclusivo de malandros e vagabundos.

Após bater os doze melhores jogadores do país, Rui Chapéu ganhou um contrato e permaneceu no ar por oito anos.

Seu maior feito foi vencer o inglês Steve Davis, então campeão mundial de sinuca, em 1986 e em 1987.

Em 2019, ele foi um dos "masters" do programa Tá Brincando, da TV Globo.

Segundo a revista Isto É, Rui Chapéu foi incluído e relacionado entre os 1.000 maiores esportistas do século XX.

Morte

Rui Chapéu faleceu na madrugada de sábado, 29/02/2020, aos 79 anos, em São Paulo, SP. Ele passou mal no apartamento de sua filha por volta de 1h00 e foi levado para o hospital, onde foi constatada a presença de água no pulmão. Mais tarde, aproximadamente às 4h00, teve um infarto fulminante e faleceu.

Fonte: Wikipédia
#FamososQuePartiram #RuiChapeu
Posted: 29 Feb 2020 09:48 AM PST
Valdir%2BEspinosa%2B%2528Capa%2529.jpg
VALDIR ATAHUALPA RAMIREZ ESPINOSA
(72 anos)
Jogador e Técnico de Futebol

☼ Porto Alegre, RS (17/10/1947)
┼ Rio de Janeiro, RJ (27/02/2020)

Valdir Atahualpa Ramirez Espinosa, mais conhecido como Valdir Espinosa, foi um técnico e ex jogador de futebol que atuava como lateral-direito, nascido em Porto Alegre, RS, no dia 17/10/1947.

Entre as maiores conquistas de Valdir Espinosa estão a Taça Libertadores da América e a Taça Intercontinental com a equipe do Grêmio, ambos em 1983, além do Campeonato Carioca de 1989 pelo Botafogo.

Valdir Espinosa trabalhou como auxiliar de Renato Gaúcho no Vasco da Gama, quando este assumiu o comando da equipe em 2005. Permaneceu no clube até o treinador principal ser demitido, em maio de 2007.

No mesmo ano regressou ao Vasco da Gama, que, após um bom começo no Campeonato Brasileiro, passava por um período de poucas vitórias. Agora como treinador principal, Valdir Espinosa encontrou pela frente o desafio de recuperar a equipe, afastando de vez as possibilidades de ser rebaixada e conseguir uma vaga na Copa Sul-Americana do ano seguinte.

Nas seis partidas que esteve no comando da equipe, venceu três, empatou duas e perdeu uma. O desempenho foi suficiente para garantir a vaga para a Sul-Americana, terminando a competição em 10º. Após o fim do campeonato o treinador decidiu não renovar o contrato e pôs fim nas especulações de que poderia continuar para 2008.

Valdir%2BEspinosa%2B1.jpg

Em 2009, Valdir Espinosa foi auxiliar técnico de Renato Gaúcho no Fluminense.

No dia 12/02/2010, Valdir Espinosa anunciou sua aposentadoria como treinador e também no ramo do futebol mas desistiu, retornando como novo comandante do Duque de Caxias. Mas devido a péssima campanha na série B, foi demitido em julho de 2010.

Fora das quatro linhas, Valdir Espinosa trabalhou como comentarista nos canais Sportv e PFC, entre 2008 e 2009.

Em 2010 foi comentarista na Rádio Manchete e foi candidato a deputado estadual no Rio de Janeiro, pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT).

Em 2012, Valdir Espinosa voltou a ser comentarista, dessa vez na Rádio Globo.

Valdir Espinosa foi coordenador técnico do Grêmio desde a volta de Renato Gaúcho como técnico da equipe em 2016 até sua demissão em 10/08/2017.

Em 12/12/2019, foi anunciado como gerente de futebol do Botafogo do Rio de Janeiro, seu último trabalho.

Valdir%2BEspinosa%2B2.jpg
Morte

Valdir Espinosa faleceu na manhã de quinta-feira, 27/02/2020, devido a complicações causadas por uma cirurgia no abdômen realizada no dia 17/02/2020. Entretanto, devido à mal sucedida recuperação, foi internado novamente no dia 20/02/2020, porém não resistiu.

Posteriormente foi revelado que Valdir Espinosa vinha lutando há vários meses contra um câncer no intestino.

O velório de Valdir Espinosa ocorreu na tarde e noite de quinta-feira, 27/02/2020, no salão nobre de General Severiano, sede do Botafogo, onde ele trabalhava atualmente como gerente de futebol e clube com o qual tinha grande identificação desde a conquista do título do Campeonato Carioca de 1989.

Valdir Espinosa foi sepultado na manhã de sexta-feira, 28/02/2020, no Memorial do Rio de Janeiro, em cerimônia somente com amigos e parentes.

Valdir%2BEspinosa%2B3.jpg
Títulos

Esportivo
  • 1979 - Campeonato do Interior Gaúcho

Ceará
  • 1980 - Campeonato Cearense

Londrina
  • 1981 - Campeonato Paranaense
  • 1981 - Campeonato do Interior Paranaense

Grêmio
  • 1983 - Copa Libertadores da América
  • 1983 - Copa Intercontinental
  • 1983 - Troféu CEL
  • 1983 - Copa Los Angeles
  • 1986 - Campeonato Gaúcho
  • 2016 - Copa do Brasil (Como coordenador técnico)

Al-Hilal
  • 1985 - Campeonato Saudita

Cerro Porteño
  • 1987 - Campeonato Paraguaio
  • 1992 - Campeonato Paraguaio

Botafogo
  • 1989 - Taça Rio
  • 1989 - Campeonato Carioca

Flamengo
  • 1990 - Torneio de Verão de Nova Friburgo

Portuguesa
  • 1996 - Torneio Início Paulista

Atlético Paranaense
  • 2002 - Supercampeonato Paranaense de Futebol

Brasiliense
  • 2005 - Campeonato Brasiliense

Fonte: Wikipédia
#FamososQuePArtiram #ValdirEspinosa
Posted: 29 Feb 2020 09:11 AM PST
Durvinha%2B%2528Capa%2529.jpg
DURVALINA GOMES DE SÁ
(93 anos)
Cangaceira

☼ Paulo Afonso, BA (1915)
┼ Belo Horizonte, MG (28/06/2008)

Durvalina Gomes de Sá, também conhecida pelo pseudônimo de Jovina Maria da Conceição Souto, conhecida também como Durvinha, foi a última sobrevivente mulher e integrante do grupo de cangaceiros de Lampião e Maria Bonita.

Nascida em Paulo Afonso, BA, no ano de 1915, Durvinha era filha de um fazendeiro local bem-sucedido que possuía duas propriedades rurais na cidade.

Durvinha ingressou no cangaço aos 15 anos, no início dos anos 1930, após proposta do cangaceiro Virgínio Fortunato da Silva, ex-cunhado de Lampião. Diferente de outras mulheres no cangaço que foram raptadas de suas famílias, Durvinha acompanhou o bando espontaneamente. Entretanto, este fato causou diversos transtornos a sua família, que teve suas propriedades incendiadas pelas forças volantes e foram ameaçados.

Após a morte de Virgínio, casou-se com o cangaceiro José Antônio Souto, nome falso de Moreno, cujo nome de batismo era Antônio Ignácio da Silva.

Durvinha%252C%2B%25C3%25A0%2Besquerda%2Bem%2Bcena%2Bdo%2Bfilme%2Bde%2BBenjamin%2BAbrah%25C3%25A3o%2BBotto%252C%2Bde%2B1936.%2BNo%2Bcentro%2Bda%2Bimagem%252C%2BVirg%25C3%25ADnio%252C%2Bseu%2Bprimeiro%2Bcompanheiro..jpg
Durvinha, à esquerda em cena do filme de Benjamin Abrahão Botto, de 1936. No centro da imagem, Virgínio, seu primeiro companheiro.
Durvinha é conhecida pela filmagem de Benjamin Abrahão Botto em 1936, na qual aponta um pequeno revólver para a câmera, ao lado de outros cangaceiros. No documentário "Os Últimos Cangaceiros"Durvinha fala sobre sua participação nas ações no bando:
- A senhora atirou muito no cangaço?
- Não... eu tinha um medo danado de atirar!
Após a morte de Lampião e a dispersão do bando em 28/07/1938, o casal conseguiu se reunir sem grandes ferimentos na mata. Na época grávida, Durvinha teve seu filho Inácio Carvalho Oliveira. Temendo ser encontrados pelas forças volantes, o casal doou o bebê com 30 dias para um padre na cidade de Taracatu em Pernambuco, visto que o casal estava em fuga e não podia se trajar como cangaceiros ou assumir suas identidades.

Moreno%2Be%2BDurvinha.jpg
Moreno e Durvinha
Durvinha e Moreno escaparam do Massacre de Angico e conseguiram ir para Belo Horizonte, MG, disfarçados, de fevereiro a maio de 1940. Ali chegando, trocaram de nomes temendo prisão. Adotaram uma nova vida, tiveram outros filhos e guardaram o segredo até 2006.

Até então, nenhum deles sabia que os pais foram cangaceiros. O casal já com a idade avançada, resolveu contar a verdade. Neli, de temperamento inquieto, fez um trabalho de detetive e conseguiu localizar o irmão mais velho perdido no mundo. Ele, Inácio Carvalho Oliveira, morava no Rio de Janeiro e era militar, por ironia do destino.

Durvinha sobreviveu por mais de setenta anos depois de escapar do ataque da polícia de Alagoas que dizimou parte do bando de Lampião.

Durvinha usou o nome falso de Jovina durante toda a sua vida após o cangaço, revelando seu passado à família apenas poucos anos antes de seu falecimento.

Morte

Durvinha faleceu em 28/06/2008, aos 93 anos, em Belo Horizonte, MG, vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Fonte: Wikipédia
#FamososQuePartiram #Durvinha
You are subscribed to email updates from Famosos Que Partiram.
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google, 1600 Amphitheatre Parkway, Mountain View, CA 94043, United States

26/5 - VÍDEO - Bolsonaro incentiva terrorismo no Brasil

FONTEhttps://youtu.be/psWX2a6lEV0 Bolsonaro incentiva terrorismo no Brasil Blog da Cidadania 401 mil inscritos SEJA MEMBRO ...